Do modo como foi instituída pelas normas universitárias, a Controladoria Geral tem a função de constituir-se como instrumento controle, garantindo que a gestão da Universidade de São Paulo se dê em conformidade às normas de boa governança, sustentabilidade econômico-financeira e excelência acadêmica.

A Controladoria Geral é responsável pela coordenação e articulação do Sistema de Controle Interno da Universidade de São Paulo. Isso significa um “controle de segunda instância”, ou seja, um controle sobre o próprio sistema de controle. Assim, as atribuições da Controladoria Geral não se confundem com as atribuições do Sistema de Controle Interno, em face do qual a Controladoria Geral mantém autonomia e independência crítica.

Conforme dispõe a  Resolução 7344/2017, dos Parâmetros de sustentabilidade econômico-financeira, a Controladoria Geral também é responsável por monitorar os indicadores que constam desta normativa.

A Controladoria Geral, contando com a parceria e com o apoio técnico da Superintendência da Tecnologia da Informação da Universidade de São Paulo (STI), está trabalhando para disponibilizar o acompanhamento dos indicadores em tempo real e de forma automatizada. (Em construção).